domingo, 14 de julho de 2013

Gerações

Outro silêncio.
Torturante.
Não tem nada no mundo mais irritante que o silêncio.
Não vem com esse papo de adivinha, de que o olhar diz tudo,
Que os gestos valem mais que mil palavras.
Nada paga uma palavra bem dita,
Nada pode ser trocado por uma frase de efeito.

Até nas brigas, de que vale o silêncio se sua dor vai te consumir?
Se fala, se responde, para não ser consumido por uma dor pequena que o peito insisti em aumentar de forma exacerbada.
Preferível falar, gritar, explodir, xingar a ter que calar.

Dizem que parece atitude de adolescente,
O adolescente não cala?
O adolescente defende a finco seus pontos de vista?
Um adolescente qualquer faz isso?
Então sejamos adolescentes justos.
Nos irritemos com o injusto.
Nos apeguemos aos maltratos.
Nos apeguemos a palavras bem ditas.

Somos fáceis de lidar, mas vocês são bons demais para ouvir.
Não é mais a boca que fala ou grita,
É o que vocês querem que nos consome,
O silêncio, o olhar, os gestos, os cabelos nada sedosos por preguiça.
Não se pode falar, 
Nosso corpo responde, em silêncio,
Mesmo assim,
Não ouvem.
São surdos                               DE ALMA. 

Um comentário:

  1. A pressão que a sociedade coloca no adolescente, é absurda. E isso auxilia nos conflitos (quiçá irresolúveis) que os adolescentes têm. É um período tão difícil e na verdade, somos 'jogados para escanteio'. Nunca estamos com a razão, não podemos falar e por aí vai. Mal sabem os "adultos", as marcas dolorosas que podem permanecer, devido a essa atitude deles.
    Muito bom Mad *-*

    ResponderExcluir